sábado, 29 de junho de 2013

À porta


O primeiro pirilampo do Verão, junto à porta da rua, onde se mantém já há alguns dias. Como se lhe coubesse velar pela casa. Noutros tempos, por exemplo os do já esquecido choque tecnológico, talvez se pudesse arriscar que servia para assegurar a ligação à Internet ou para apanhar a televisão por satélite. Agora não, é mesmo como se velasse apenas pela casa, atento a quem possa aparecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário